São Paulo

Eduardo Campos afirma que o PSB libera PT para escolha de novo vice de Haddad

Erundina declarou apoio ao candidato do PT, mas afirmou que não continua na chapa por entender que o episódio do apoio de Maluf trouxe instabilidade para a candidatura

Allan Nascimento
Allan Nascimento
Publicado em 19/06/2012 às 18:52
Renato Araújo / ABr
Erundina declarou apoio ao candidato do PT, mas afirmou que não continua na chapa por entender que o episódio do apoio de Maluf trouxe instabilidade para a candidatura - Renato Araújo / ABr
Leitura:

O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, afirmou que o partido não vai mais reivindicar a vaga de vice na chapa de Fernando Haddad (PT) para a prefeitura de São Paulo após a deputada Luiz Erundina desistir da candidatura ao posto. Campos disse que o PT está livre para escolher o vice. "Comunicamos a Fernando Haddad e ao Partido dos Trabalhadores para ficarem à vontade para compor com nome que mais somaria à disputa", disse Campos.

Ele afirmou que Erundina disse que trabalhará por Haddad, mas que depois do episódio do apoio de Paulo Maluf não teria mais como continuar na chapa por entender que essa situação geraria instabilidade para a candidatura. Segundo Campos, a deputada disse que mantém as declarações críticas à aliança do PT com Maluf.

O presidente do PSB afirmou que a escolha será do PT, mas se o aliado quiser escolher alguém do PSB não haverá proibição. Campos afirmou que o PSB "acredita em Fernando Haddad de corpo e alma" e que manterá o apoio para elegê-lo.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias