Legislativo

Deputados não se elegem mas ganham mandato

Onze parlamentares foram empossados nos cargos dos que renunciaram a Câmara para disputar as eleições municipais de 2012

Ana Lúcia Andrade
Ana Lúcia Andrade
Publicado em 03/01/2013 às 15:56
Leitura:

Com a renúncia de 26 deputados federais que disputaram, e se elegeram, prefeitos nessas eleições, onze suplentes foram efetivados nos cargos nesta quinta-feira em solenidade na Câmara dos Deputados. Os outros quinze já foram empossados. Suplentes são aqueles parlamentares que não atingiram votos suficientes para se eleger dentro das regras do código eleitoral que estabelece um quociente eleitoral, o método pelo qual se distribuem as cadeiras nas eleições proporcionais (de deputados e vereadores). 

O ex-presidente do PT José Genoino, condenado no julgamento do mensalão por corrupção ativa e formação de quadrilha, foi um dos que tomou posse na tarde desta quinta-feira. A cerimonia que ocorreu na presidência da Câmara foi fechada, com a presença apenas de parlamentares e alguns familiares. Genoino foi o mais aplaudido.

Deputados do PT fizeram questão de estar em Brasília para prestigiar a posse de Genoino e outros seis petistas. No total, 14 deputados foram empossados. O deputado Paulo dos Santos (PT-AL) fez o juramento em nome de todos os parlamentares que assumiram o mandato hoje.

Com informações da Agência Globo

Veja a lista completa dos deputados empossados nesta quinta-feira: 

Anselmo de Jesus Abreu (PT-RO)
Bernardino de Oliveira (PRB-PR) 
Eurico Pinheiro Bernardes Junior (PV-RJ)
Fábio de Almeida Reis (PMDB-SE)
José Francisco Cerqueira Tenório (PMN-AL)
José Genoino (PT-SP)
Luiz Barbosa de Deus (DEM-BA)
Manuel Rosa da Silva (PR-RJ)
Maria Margarida Martins Salomão (PT-MG)
Nilmário Miranda (PT-MG)
Osvaldo Reis (PMDB-TO)
Paulo Fernando dos Santos (PT-AL)
Renato Andrade (PP-MG)
Urzeni da Rocha Freitas Filho (PSDB-RR)

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias