rumo a 2014

Melhores índices de aprovação de Dilma são no "terreno" de Eduardo Campos

Presidente mantém crescimento no Nordeste, em pesquisa realizada por parceria CNI/Ibope

Da AE
Da AE
Publicado em 19/03/2013 às 17:05
Leitura:

O gerente executivo de pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Renato Fonseca, avaliou nesta terça-feira (19) que a pesquisa realizada com o Ibope sobre o governo Dilma Rousseff uma expansão clara na aprovação do governo, sobretudo no Nordeste.

"O que a gente vê em todos os indicadores é que há uma tendência clara de crescimento de avaliação. Cada pesquisa vai mostrando crescimento da aprovação do governo", disse.

Ele ressaltou também como um outro ponto de destaque o crescimento "muito forte" da presidente no reduto do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), possível adversário à presidência, o que não era visto anteriormente.

O economista salientou que a aprovação da presidente no Nordeste passou de 80% em dezembro para 85% na pesquisa atual. O porcentual é, de longe, o maior, já que nas outras regiões está em 77% em todos os casos. O porcentual geral está em 79%.

Sobre o governo da presidente, a avaliação de bom ou ótimo passou de 68% para 72% no Nordeste. As demais regiões encontram-se, de acordo com a CNI, tecnicamente empatadas, em torno de 60%. "A situação geral só não foi melhor porque Norte e Centro-Oeste houve uma inversão", disse.

A pesquisa CNI/Ibope foi realizada de 8 a 11 de março, com 2002 entrevistas em 143 municípios, apenas com pessoas que possuem título eleitoral. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais e confiança de 96%.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias