brasília

Comissão de Ética arquiva denúncia contra Cardozo

Ministro é investigado por conduta em processo sobre cartel em São Paulo

Da AE
Da AE
Publicado em 29/01/2014 às 16:59
Leitura:

Por unanimidade, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu arquivar processo para apurar a conduta do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na investigação de cartel em licitações de transporte público em São Paulo, informou nesta quarta-feira (29) o presidente do órgão, Américo Lacombe.

"(A denúncia) Foi arquivada porque ele (Cardozo) não fez nada de extraordinário. Como ele (Cardozo) disse claramente, já passou do tempo do engavetador geral da república. Isso não existe mais", afirmou Lacombe.

De acordo com o PSDB, a representação contra Cardozo se baseia no fato de o ministro "não ter cumprido sua obrigação legal de investigar o suposto uso político do Cade, vinculado ao seu ministério e presidido por um militante petista, na tentativa de envolvimento de membros do PSDB nas denúncias de cartel em obras do governo paulista".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias