LAVA JATO

Moro libera executivos e mantém apenas prisão de Marcelo Odebrecht

A medida de Moro foi tomada no mesmo dia em que as 75 delações premiadas foram enviadas ao STF

JC Online
JC Online
Publicado em 20/12/2016 às 15:14
Foto: Cicero Rodrigues/ World Economic Forum
A medida de Moro foi tomada no mesmo dia em que as 75 delações premiadas foram enviadas ao STF - FOTO: Foto: Cicero Rodrigues/ World Economic Forum
Leitura:

O juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, mandou soltar nessa segunda-feira (19), dois executivos ligados à Odebrecht. Olívio Rodrigues e Luiz Edurado Soares estavam presos desde março. Com a decisão, apenas Marcelo Odebrecht continua preso.

Segundo informações do Jornal Folha de São Paulo, Olívio e Luiz eduardo integravam o "Departamento de Propinas" da Odebrecht, criado para coordenar o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos e políticos.

A medida de Moro foi tomada no mesmo dia em que as 75 delações premiadas foram enviadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) para homologação do ministro Teori Zavascki.

Prisões

Os dois executivos da Odebrecht foram presos na 26ª fase da Lava Jato, em março. Na época em que a investigação mirou o setor de propinas e acabou deflagrando a decisão da empreiteira pela delação.

O ex-presidente do grupo Marcelo Odebrecht deve permanecer preso até 2017.

 

Últimas notícias