LUTO

Rodrigo Janot lamenta morte de Teori Zavascki

Janot disse que Teori não hesitou em adotar medidas inéditas para a Suprema Corte

ABr
ABr
Publicado em 19/01/2017 às 19:00
Foto: Carlos Humberto/ SCO/ STF
Janot disse que Teori não hesitou em adotar medidas inéditas para a Suprema Corte - FOTO: Foto: Carlos Humberto/ SCO/ STF
Leitura:

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, divulgou há pouco nota de pesar pelo falecimento do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. Para Janot, Zavascki exerceu seu trabalho de forma ética, isenta e extremamente técnica.

Sobre Teori

Na nota, Janot destacou que Teori "não hesitou em adotar medidas inéditas para a Suprema Corte" durante as investigações da Operação Lava Jato.

"É inegável e inquestionável a grande contribuição que o ministro Teori Zavascki deu ao Estado Democrático de Direito Brasileiro a partir de sua atuação como magistrado", disse Janot.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias