Lava Jato

Auxiliares de Teori tem aval do STF para retomar delações da Odebrecht

A informação foi divulgada pela Folha de S.Paulo na manhã desta terça-feira

Editoria de Política
Editoria de Política
Publicado em 24/01/2017 às 9:18
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
A informação foi divulgada pela Folha de S.Paulo na manhã desta terça-feira - FOTO: Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Leitura:

Os juízes que auxiliavam o ministro Teori Zavascki na relatoria da Lava Jato receberam, na noite desta segunda-feira (24), a autorização da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Camén Lúcia para prosseguir com os trabalhos das delações premiadas dos executivos da Odebrecht. A informação foi divulgada pela Folha de S.Paulo na manhã desta terça-feira (24).  

Ainda de acordo com a publicação, nesta terça (24), o STF começa a ouvir os depoimentos de homologação do acordo de delação premiada dos 77 executivos da Odebrecht. As oitivas devem se estender por toda a semana.

 

Incertezas 

Após a notícia do acidente de avião que vitimou o ministro Teori Zavascki na última quinta-feira (19), os caminhos que a Lava Jato, da qual era relator, tomaria ficaram incertos. Teori e seus auxiliares homologariam na sexta (20) as delações premiadas dos executivos da Odebrecht, o que levantou uma série de teorias da conspiração sobre a causa da sua morte. 

Carmén Lúcia ainda não decidiu quem será o novo relator do caso.  


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias