POLÍCIA FEDERAL

Irmã de Aécio Neves é alvo de mandado de prisão

Andrea Neves foi presa na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

JC Online e Estadão Conteúdo
JC Online e Estadão Conteúdo
Publicado em 18/05/2017 às 7:26
Foto: Divulgação
Andrea Neves foi presa na Região Metropolitana de Belo Horizonte. - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A irmã do senador Aécio Neves (PSDB), Andrea Neves, foi alvo de um mandado de prisão em uma operação da Polícia Federal que acontece nesta quinta-feira (18). Andrea foi presa na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Frederico Pacheco de Medeiros, primo do presidente do PSDB, senador Aécio Neves, também foi preso preventivamente nesta quinta-feira pela Polícia Federal. 

Além dela, os investigadores confirmaram a prisão de outras duas pessoas, um procurador da República, que trabalha no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o advogado Willer Tomaz, supostamente ligado a Eduardo Cunha (PMDB-RJ). 

STF determina afastamento de Aécio

O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, mandou afastar Aécio Neves (PSDB-MG), do mandato de senador e decidiu submeter ao plenário do Supremo o pedido de prisão do presidente do PSDB solicitado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Buscas em imóveis de Aécio

Agentes da Polícia Federal estão em imóveis do senador e presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira, 18. O presidente do PSDB foi acusado pelo empresário Joesley Batista de lhe pedir dinheiro em meio às investigações da Operação Lava Jato. O valor de R$ 2 milhões foi rastreado e chegou ao senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias