Prisão

Procurador preso pela PF defendeu medidas contra corrupção na Câmara

Ângelo Goulart Vilela foi preso pela Lava Jato nesta quinta-feira (18)

JC Online
JC Online
Publicado em 18/05/2017 às 10:43
Foto: reprodução
Ângelo Goulart Vilela foi preso pela Lava Jato nesta quinta-feira (18) - FOTO: Foto: reprodução
Leitura:

Em pronunciamento no Plenário da Câmara dos Deputados em junho de 2016, o procurador da República Ângelo Goulart Vilela, preso pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (18) em ação da Operação Lava Jato, fez discurso em sessão sobre 10 medidas contra corrupção. O vídeo foi postado no canal do Youtube 'TV ANPR'.

Ainda nesta quinta, o prédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde Ângelo trabalha, é alvo de buscas. Ele foi preso em ação referente ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Segundo declaração de Ângelo na época, o Caixa 2 deveria ser criminalizado e a responsabilização dos partidos políticos ser aprovada.

Logo no início de seu discurso, ele cumprimenta Deltan Dallangol, procurador do Ministério Público Federal (MPF), a quem chama de 'estimado colega'.

 Veja o vídeo abaixo:

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias