PMDB

Senador Zezé Perrella diz que nunca recebeu 'um real sequer' da JBS

Perrella é acusado na delação de Joesley Batista de ter recebido a propina pedida pelo senador Aécio Neves

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 18/05/2017 às 9:34
Foto: Agência Senado
Perrella é acusado na delação de Joesley Batista de ter recebido a propina pedida pelo senador Aécio Neves - FOTO: Foto: Agência Senado
Leitura:

O senador Zezé Perrella (PMDB/MG) disse, por meio de vídeo em sua conta oficial no Twitter, que "nunca recebeu, de forma oficial ou extraoficial, um real sequer" da JBS. "Nunca falei com Joesley Batista, dono da Friboi, não conheço ninguém desse grupo." E completou: "Estou absolutamente tranquilo."

Perrella é acusado na delação de Joesley Batista de ter recebido a propina pedida pelo senador Aécio Neves (PSDB/MG), que teria sido recebida pelo assessor parlamentar de Perrella, Mendherson Souza Lima, e posteriormente o valor teria sido depositado na conta de uma das empresas do senador do PMDB.

Perrella confirma no vídeo que Mendherson é seu assessor: "O assessor citado na matéria do jornal "O Globo" que informou sobre a delação realmente é meu assessor parlamentar e amigo pessoal do Fred Pacheco que é primo do senador Aécio. Eu espero que todas as pessoas citadas tenham oportunidade de esclarecer sua participação."

Empresas

O senador do PMDB também disse que o sigilo das suas empresas citadas estão à disposição da Justiça, o que, segundo ele, vai comprovar que ele não tem participação na história delatada por Joesley Batista. "Nunca estive na Lava Jato e nunca estarei."

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias