brasília

Temer deve revogar presença das Forças Armadas, diz ministro da Defesa

Raul Jungmann garantiu que a situação em Brasília após as manifestações desta quarta (24) é "de mais absoluta tranquilidade"

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 25/05/2017 às 10:26
Agência Câmara
Raul Jungmann garantiu que a situação em Brasília após as manifestações desta quarta (24) é "de mais absoluta tranquilidade" - Agência Câmara
Leitura:

atualizada às 11h55

Com a convocação das Forças Armadas pelo presidente Michel Temer (PMDB) para conter a manifestação ocorrida nesta quarta-feira (24) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, o ministro da Defesa, Raul Jungmann garantiu, em entrevista a Rádio Jornal, que a situação na capital da República já foi normalidade e que Temer deverá revogar o decreto presidencial. Minutos após a entrevista, o presidente confirmou a revogação do decreto.

“Eu já conversei como chefe de estado maior, conversei com o general que comandou as operações, Pereira Gomes. A situação é da mais absoluta tranquilidade. Isso vai levar o presidente a suspender esse decreto de garantia da lei e da ordem”, afirmou Raul Jungmann em entrevista ao programa Passando a Limpo na Rádio Jornal na manhã desta quinta-feira.

Governo

Segundo o ministro, a governabilidade não foi afetada com as manifestações contra as reformas em Brasília. “O governo segue governando. Para dar um exemplo disso o congresso aprovou sete medidas provisórias, o que demonstra a normalidade que está funcionando o governo e o Congresso Nacional”, contou.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias