PRESIDÊNCIA

Fachin autoriza Polícia Federal a interrogar Michel Temer

Decisão foi confirmada nesta terça-feira (30). Presidente terá 24h para responder aos questionamentos

JC Online
JC Online
Publicado em 30/05/2017 às 15:50
Beto Barata/PR
Decisão foi confirmada nesta terça-feira (30). Presidente terá 24h para responder aos questionamentos - FOTO: Beto Barata/PR
Leitura:

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin autorizou a coleta do depoimento de Michel Temer, que poderá ser feito por escrito, pela Polícia Federal (PF). o presidente da República responderá aos questionamentos da PF no prazo total de 24h após o envio das perguntas.

Divisão

Também hoje, Fachin autorizou a separação do inquérito contra Temer e Aécio Neves no STF. O senador tucano será investigado junto com seus familiares; já o presidente continuará alvo da mesma ação que o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), apontado como o receptor de R$ 500 mil pagos pela JBS.

Michel Temer é investigado por suspeita de obstrução de justiça, corrupção e organização criminosa. O presidente passou a ser investigado no STF a partir do pedido de abertura de inquérito feito pela PGR (Procuradoria-Geral da República) com base na delação premiada de executivos da JBS.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias