Anúncio

Em evento do PT, Dilma lança candidatura de Lula à presidência

Além da candidatura de Lula, homenagens a José Dirceu e João Vaccari Neto foram realizadas no 6º Congresso do PT

JC Online
JC Online
Publicado em 02/06/2017 às 7:32
AFP
Além da candidatura de Lula, homenagens a José Dirceu e João Vaccari Neto foram realizadas no 6º Congresso do PT - FOTO: AFP
Leitura:

Durante discurso no 6º Congresso do Partido dos Trabalhadores, na noite dessa quinta-feira (1º), a ex-presidente Dilma Rousseff defendeu as eleições diretas para presidente, além de defender a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva ao pleito. "A única alternativa viável é eleições diretas. Não porque tenhamos o melhor candidato. Perder eleição não é vergonha. Vergonha é ganhar no tapetão, sem voto. É tentar eleger candidato biônico", afirmou.

Além das eleições diretas, Dilma também defendeu a convocação de uma Assembleia Constituinte para realizar a reforma política. Ao fim de seu discurso, a ex-presidente lançou a candidatura de Lula à presidência: "Meu candidato é Lula para presidente."

Dirceu e Vaccari Neto são homenageados

Ambos condenados na Lava Jato, o ex-ministro José Dirceu e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto foram homenageados na abertura do encontro, que também celebrou os cem anos da Revolução Russa. A líder do PT no Senado, Glesi Hoffmann (PR), fez saudação a Dirceu, sob os coros de "guerreiro do povo brasileiro". Ele foi solto no mês passado após ficar um ano e nove meses preso preventivamente em Curitiba.

Em seu discurso, o presidente do partido Rui Falcão saudou a João Vaccari. "Quero renovar a solidariedade aos nossos companheiros que estão presos e condenados injustamente. Não só José Dirceu, mas também João Vaccari. Dirceu e Vaccari, heróis do povo brasileiro", finalizou. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias