PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Temer confirma que viajou no jatinho de Joesley Batista

Em nota, presidência garante que Michel Temer não sabia de quem era a aeronave, mas mesmo assim não pagou pela viagem

JC Online
JC Online
Publicado em 07/06/2017 às 13:50
Foto: Agência Brasil
Em nota, presidência garante que Michel Temer não sabia de quem era a aeronave, mas mesmo assim não pagou pela viagem - FOTO: Foto: Agência Brasil
Leitura:

Através de nota, publicada nesta quarta-feira (7), o presidente Michel Temer confirmou que viajou no jatinho particular de Joesley Batista, dono da JBS e responsável pela gravação de conversa que serviu como prova para abertura de inquérito contra o peemedebista no Supremo Tribunal Federal (STF), no ano de 2011.

O político confirmou que esteve com a família na aeronave, mas não sabia de quem era. "O então vice-presidente Michel Temer utilizou aeronave particular no dia 12 de janeiro de 2011 para levar sua família de São Paulo a Comandatuba, deslocando-se em seguida a Brasília, onde manteve agenda normal no gabinete. A família retornou a São Paulo no dia 14, usando o mesmo meio de transporte. O vice-presidente não sabia a quem pertencia a aeronave e não fez pagamento pelo serviço", explica a nota.

Diário de bordo

A informação corrobora o que diz o diário de bordo do avião particular de Joesley, entregue a investigadores da Lava Jato, e reforça a suspeita do relacionamento próximo estabelecido entre o político e o empresário. No documento, consta que sete pessoas estavam no jatinho no voo de volta, entre elas Temer e sua família.

Últimas notícias