Operação Bullish

Contagem parcial de dinheiro apreendido em bunker de Geddel já soma R$ 33 mi

Policiais seguem contando o dinheiro encontrado no 'bunker' do ex-ministro, que cumpre prisão domiciliar em Salvador

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 05/09/2017 às 20:03
Divulgação/Polícia Fderal
Policiais seguem contando o dinheiro encontrado no 'bunker' do ex-ministro, que cumpre prisão domiciliar em Salvador - FOTO: Divulgação/Polícia Fderal
Leitura:

A Polícia Federal já contabiliza R$ 33 milhões apreendidos nesta terça-feira (5) no bunker atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). O balanço é parcial, pois os policiais seguem contando as cédulas encontradas em caixas e malas na Operação Tesouro Perdido.

A ação foi deflagrada por conta de informações, obtidas pelos investigadores, de que o ex-ministro guardava num apartamento em Salvador material que poderia ser do interesse da Operação Bullish, que investiga o envolvimento de Geddel em desvio de recursos na Caixa Econômica Federal.

Prisão Domiciliar

Geddel está em prisão domiciliar sem tornozeleira eletrônica. A investigação é conduzida pelo delegado Marlon Oliveira Cajado que nas últimas semanas ouviu, entre outras pessoas, o corretor Lúcio Bolonha Funaro. Um outro depoimento de Funaro já havia resultado na prisão de Geddel.

Em agosto, Geddel se tornou réu por obstrução de Justiça. O ex-ministro teria atuado para evitar a delação premiada do corretor Lúcio Funaro - que poderia implicá-lo em crimes de corrupção na Caixa Econômica Federal. A defesa de Geddel, contatada na manhã desta terça, não se pronunciou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias