PARA 2018

Maia diz que não se decidiu sobre adiamento da reforma da Previdência

Rodrigo Maia evitou dizer se o líder do governo no Senado, Romero Jucá, estava mentindo ao anunciar que a reforma da Previdência

Rafael Paranhos da Silva
Rafael Paranhos da Silva
Publicado em 13/12/2017 às 20:13
Foto: Agência Brasil
Rodrigo Maia evitou dizer se o líder do governo no Senado, Romero Jucá, estava mentindo ao anunciar que a reforma da Previdência - Foto: Agência Brasil
Leitura:

 O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), evitou nesta quarta-feira, 13, dizer se o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), estava mentindo ao anunciar que a reforma da Previdência só será votada em fevereiro de 2018.

"O Jucá pode estar falando pelo governo", disse o parlamentar fluminense, em rápida entrevista ao deixar o plenário da Casa. Ele disse ainda que deverá conversar com o presidente Michel Temer e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), nesta quinta-feira (14) para avaliar o cenário de votos para a votação da matéria.

Jucá diz que reforma poderá ficar para fevereiro de 2018

Mais cedo, Jucá antecipou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que a votação da reforma da Previdência ficará para fevereiro de 2018. De acordo com o senador peemedebista, a decisão foi acertada entre os presidentes da Câmara e do Senado e teve aval do governo.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias