De olho nas eleições

Bolsonaro vem ao Recife para tentar filiação ao PSL com Luciano Bivar

Jair Bolsonaro já havia se encontrado com o presidente nacional do PSL anteriormente, mas possibilidade de filiação foi rechaçada pela Executiva Nacional do partido

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 05/01/2018 às 11:50
Foto: Wilson Dias / Agência Brasil
Jair Bolsonaro já havia se encontrado com o presidente nacional do PSL anteriormente, mas possibilidade de filiação foi rechaçada pela Executiva Nacional do partido - FOTO: Foto: Wilson Dias / Agência Brasil
Leitura:

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) vem ao Recife nesta sexta-feira (05) para um encontro com o presidente Nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar (PSL). O assunto é um acordo para a filiação de Bolsonaro ao partido. Ele busca uma legenda para viabilizar a sua candidatura à Presidência da República nas eleições deste ano. 

Bolsonaro enfrenta resistência por parte da ala renovadora do PSL, o movimento Livres. Os dois já haviam se encontrado anteriormente, a pedido de Bolsonaro, para falar sobre a filiação, mas as conversas não se concretizaram. Ele quer tratar novamente sobre o assunto. 

No dia 21 de dezembro, a Executiva Nacional do PSL rechaçou qualquer possibilidade de filiação de Bolsonaro. A nota afirmava que ele não representava as ideias do partido. "Não procedem, de forma alguma, as notícias de que o deputado federal Jair Bolsonaro possa se filiar ao PSL. O projeto político de Jair Bolsonaro é absolutamente incompatível com os ideais do LIVRES e o profundo processo de renovação política com o qual o PSL está inteiramente comprometido", diz nota assinada pela Executiva.

Patriota

Antes de entrar no Patriotas, apesar de já ter assinado uma carta de pré-filiação para o mês de março, Bolsonaro já sinalizava o desembarque da sigla. O antigo PEN mudou de nome e estatuto para abrigar o pré-candidato, o que rendeu processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de deputados da sigla.

Nas últimas pesquisas de intenção de voto para 2018, o deputado federal aparece em segundo lugar, perdendo apenas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias