DELAÇÃO PREMIADA

Marcos Valério assina acordo com polícia de Minas Gerais

Pivô do esquema de mensalão, Marcos Valério assinou delação premiada que precisa ser homologada pela Justiça

Elaine Santana
Elaine Santana
Publicado em 13/03/2018 às 10:28
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Pivô do esquema de mensalão, Marcos Valério assinou delação premiada que precisa ser homologada pela Justiça - FOTO: Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Leitura:

O ex-empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, pivô dos mensalões mineiro e do PT, assinou acordo de delação premiada com a Polícia Civil de Minas Gerais. A proposta, entretanto, ainda precisa ser homologada pela Justiça do Estado.

De acordo com informações da corporação, a delação envolve supostas irregularidades cometidas em estatais mineiras como a Cemig e a Copasa entre os anos de 1998 e 2014. O acordo negociado com a Polícia Civil, segundo informado pela própria corporação, não envolve pessoas com foro privilegiado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias