BALANÇO

Sob comando de Moro, Polícia Federal faz menor número de operações em 5 anos

Foram contabilizadas 204 operações entre janeiro e julho, número mais baixo desde 2014

JC Online
JC Online
Publicado em 30/09/2019 às 7:14
Notícia
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foram contabilizadas 204 operações entre janeiro e julho, número mais baixo desde 2014 - FOTO: Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Sob o comando do ministro da Justiça, Sergio Moro, a Polícia Federal fez no primeiro semestre deste ano a menor quantidade de operações desde 2014. Entre janeiro e julho, foram realizadas 204 ações. Os dados levantados foram entregues pela própria instituição policial.

Em contrapartida, apesar de menos atividades nas ruas, o número de investigações e valores de bem apreendidos crescerem de 2018 para 2019.

Levantamento

Entre 2009 e 2019, o pico de produtividade se deu no semestre anterior ao da estreia do ministro no governo Bolsonaro. Entre julho e dezembro de 2018, 360 operações foram realizadas.

Historicamente, os primeiros semestres têm menos operações do que os últimos seis meses do ano. Isto se deve a um maior número de folgas para o Judiciário, o responsável por autorizar mandados de prisão e busca e apreensão. 

Na primeira metade de 2018, a Polícia Federal fez 269 ações, uma média de 1,4 por dia. Já entre janeiro e julho deste ano, a média foi de 1,1 por dia. 

Explicação

A PF alega que diversos fatores podem ser as causas da queda em seu desempenho. Entre elas, a queda de 10% do efetivo policial na ativa desde 2016. E pondera que os números demonstrados neste ano também refletem os resultados de investigações feitas em governos anteriores.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias