EVENTO

Ex-presidente Lula vem ao Recife para o Festival Lula Livre

O Instituto Lula confirmou, nesta segunda-feira (11), a presença do petista no ato, marcado para o domingo (17), no Pátio do Carmo

JC Online
JC Online
Publicado em 11/11/2019 às 19:41
Notícia
Foto: Henry Milleo/ AFP
FOTO: Foto: Henry Milleo/ AFP
Leitura:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem ao Recife para participar do Festival Lula Livre, neste domingo (17). A presença do petista no evento, que acontecerá no Pátio do Carmo, em Santo Antônio, Centro do Recife, foi confirmada pelo Instituto Lula nesta segunda-feira (11).

Após passar por cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, o Festival Lula Livre, em defesa do ex-presidente, reunirá apresentações de artistas como Otto, Odair José, Siba, Marcelo Jeneci, Mundo Livre SA, Lia de Itamaracá, Francisco El Hombre e Johnny Hooker a partir das 12h. O evento estava marcado para acontecer no Cais da Alfândega. No entanto, com a confirmação da presença de Lula, foi divulgado que o festival mudou de local para o Pátio do Carmo, em Santo Antônio.

A primeira edição do festival aconteceu nos Arcos da Lapa, Rio de Janeiro, no dia 28 de julho de 2018. Na ocasião, Chico Buarque e Gilberto Gil subiram ao palco para cantar a canção Cálice. O Partido dos Trabalhadores (PT) estima que 80 mil pessoas tenham participado do evento.

Soltura de Lula

O ex-presidente deixou a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba na sexta-feira (8), após a decisão da Justiça Federal que autorizou sua soltura. Lula estava preso desde 7 de abril do ano passado pela condenação no caso do triplex do Guarujá (SP), um dos processos da Operação Lava Jato.

Foto: AFP
Presidente saiu da prisão as 17h42 desta sexta - Foto: AFP
Foto: AFP
Momento em que Lula deixa a prisão em Curitiba - Foto: AFP
Foto: AFP
Ele encontrou apoiadores e sua namorada - Foto: AFP
Foto: AFP
Lula discursa para apoiadores que lhe esperavam em frente à prisão - Foto: AFP
Foto: AFP
Lula abraça apoiadora - Foto: AFP
Foto: AFP
Fernando Haddad estava presente ao lado de Lula - Foto: AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Zanin Martis, advogados do ex-presidente em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Zanin Martis, advogados do ex-presidente em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Zanin Martis, advogados do ex-presidente em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Cristiano Zanin e Valeska Teixeira Zanin Martis, advogados do ex-presidente em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula, na frente da sede da PF em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na frente da sede da PF em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na frente da sede da PF em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na frente da sede da PF em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP
Foto: Henry Milleo/ AFP
Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na frente da sede da PF em Curitiba - Foto: Henry Milleo/ AFP

A liberdade do ex-presidente foi proferida pelo juiz Danilo Pereira Júnior, após a defesa de Lula pedir a libertação do ex-presidente com base na decisão proferida na quinta-feira (7) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância. 

Últimas notícias