festival lula livre

No Recife, Lula adota tom mais brando e não menciona aliados locais

Este foi o primeiro ato público do petista depois que encerrou os seus 580 dias preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba

JC Online
JC Online
Publicado em 17/11/2019 às 21:09
Notícia
Brenda Alcântara/ JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara/ JC Imagem
Leitura:

Com um tom mais brando do que o adotado desde a sua saída da prisão, o ex-presidente Lula discursou no “Festival Lula Livre” neste domingo (17), no Recife, sem criticar nenhuma instituição e sem mencionar as eleições, tampouco seus correligionários pernambucanos ou aliados, em um cenário onde a estratégia do PT para 2020 ainda é incerta.

"Hoje, sou um homem melhor do que aquele que entrou na cadeia, estou mais maduro. Aprendi que nada derrota as pessoas que se amam neste país", disse Lula.

Apesar de não ter feito ataques ao “lado podre” do Ministério Público Federal ou da Polícia Federal - como fez ainda em Curitiba - ele não poupou o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol e o ministro da Justiça, Sérgio Moro, autor da sentença que o condenou Lula à prisão, quando ele era ainda juiz federal. “Não foi fácil de tirar 580 dias de liberdade de um cidadão de 74 anos, quando na verdade a quadrilha neste país foi comandada pelo Moro, Dallagnol, Bolsonaro e aqueles que me julgaram.

Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem
Brenda Alcântara/ JC Imagem
Festival Lula Livre acontece na tarde deste domingo (17) no Pátio do Carmo, Zona Central do Recife - Brenda Alcântara/ JC Imagem

Este foi o primeiro ato público do petista depois que encerrou os seus 580 dias preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, no último dia 8 de novembro. Na quinta-feira (14), durante encontro da Executiva Nacional do PT, em Salvador, na Bahia, Lula falou para um público de membros do partido que o PT "não nasceu para ser partido de apoio” e que a sigla deveria lançar candidatos em "toda cidade que tenha uma rádio e uma televisão".

"Vocês já viram alguém pedir a Fernando Henrique Cardoso para fazer autocrítica? Pedir ao PTB, a Bolsonaro? É só o PT", afirmou à militância. "Se alguém quiser que o PT faça autocrítica, faça autocrítica você".

Antes de chegar ao festival, que começou já no início da tarde, Lula encontrou-se com o núcleo duro do PSB e outros nomes da esquerda no Estado, em almoço promovido pela governadora em exercício, Luciana Santos (PCdoB), no hotel Atlante Plaza, em Boa Viagem. Participaram o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, os deputados federais João Campos e Tadeu Alencar. A noite, Lula vai até a casa da deputada federal Marília Arraes (PT), que o recebeu no aeroporto na sua chegada ao Recife.

Festival Lula Livre

A edição do Festival Lula Livre no Recife começou a encher do Centro da capital Pernambucana. O evento, que aconteceu neste domingo (17) no Pátio do Carmo, área central da cidade, reuniu milhares de apoiadores do ex-presidente. Segundo a organização do evento, 200 mil pessoas compareceram ao ato. Até a publicação desta matéria, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco não havia divulgado estimativa de público.

Últimas notícias