CRÍTICA

Carlos Bolsonaro publica texto de grupo de direita de Bezerros que ironiza críticas ao presidente no Carnaval 2020

Escolas de samba compararam o presidente à imagem de um palhaço

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 25/02/2020 às 9:49
Notícia
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Escolas de samba compararam o presidente à imagem de um palhaço - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Leitura:

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC) replicou nessa segunda-feira (24) um texto publicado por um grupo de direita de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, que ironiza as diversas representações do presidente e seu pai, Jair Bolsonaro (sem partido), como um palhaço no Carnaval 2020.

» Escola de samba do Rio traz palhaço com faixa presidencial em crítica a Bolsonaro no Carnaval 2020

O texto, atribuído a Gustavo Tiné, chama Bolsonaro, ironicamente, de ‘palhaço’ e relata diversas medidas realizadas pelo seu governo, como o fornecimento de carteiras estudantis gratuitas e diminuição do valor do DPVAT. Em contrapartida, critica a oposição e a intitula como ‘diabo’.

"O palhaço queria fornecer carteiras estudantis de graça... O diabo não gostou... O palhaço diminuiu o valor do DPVAT.... O diabo não tolerou.... O palhaço indicou ministros por critérios técnicos... O diabo esperneou.... O palhaço tirou impostos de medicamentos contra câncer, HIV.... O diabo detestou.... O palhaço autorizou 13° para carentes do bolsa família.... O diabo quase endoidou.... O palhaço descobriu defuntos e ricos recebendo bolsa família..... O diabo protestou... O palhaço diminuiu taxa de juros SELIC... O diabo colerizou.... O palhaço polemiza nas palavras.... O diabo metia as patas nos cofres.... O palhaço disse "FURO".... O diabo esbravejou "GRELO DURO".... O palhaço deu nova vida a PETROBRAS... O diabo quase a leva a falência.... O palhaço inaugurou a BR 163 depois de 40 anos parada.... O diabo se enfezou..... O palhaço vai concretizar a transposição do Rio São Francisco.… O diabo tá puto da vida.... O palhaço tem base, quartel, esquadra de apoio... O diabo só militância.... O palhaço critica e é contra o FUNDÃO.... O diabo não vive sem ele.... O palhaço vive FELIZ, DIZ BESTEIRAS, TÁ NA LUTA, TENTA FAZER O MELHOR, PULA, SORRI, TIRA 1.000 SELFIES POR DIA, CHAMA O AMIGO DE NEGÃO, É TURRÃO, DESTRAMBELHADO, IMPACIENTE, É SOLDADO, CAPITÃO, RELIGIOSO, DANADO, tá na avenida LIVRE, LEVE E SOLTO.... O diabo.......bem o DIABO É O DIABO, é VERMELHO, EXALA ENXOFRE, BEBE QUE NEM UM GAMBÁ, PENSA QUE É DEUS, TEM SEGUIDORES, ÓDIOS ENTALADOS E AGUARDA CONDENAÇÃO.... (Texto de Gustavo Tiné)"

Críticas

A noite de desfiles das Escolas da Série A do Rio de Janeiro da última sexta-feira (21) não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A Acadêmicos de Vigário Geral, que briga por uma posição do grupo de elite do Carnaval carioca, levou um tripé com um palhaço gigante vestido com uma faixa presidencial e fazendo sinal de 'arminha com as mãos'.

Sob o enredo “O Conto do Vigário”, a Acadêmicos de Vigário Geral contou histórias de diversos 'vigaristas' da história. A alegoria que critica o presidente Jair Bolsonaro entrou ao final do desfile da escola e dividiu opiniões tanto no sambódromo, quanto nas redes sociais.

Em outra ala, chamada ”Bloco Sujo”, a escola fez referência aos blocos de rua que se manifestam contra o descaso do poder público. Os componentes, que vestiam fantasias comuns no carnaval de rua, como palhaço, diabo, marinheiro e melindrosa, carregavam estandartes com as palavras “Educação”, “Cultura”, “Saúde” e “Democracia”.

Durante desfile da escola de samba carioca São Clemente, nessa segunda-feira (24), o humorista Marcelo Adnet subiu ao último carro alegórico vestindo um terno azul brilhoso com uma gravata verde e amarela, dando a impressão de representar o presidente da República, Jair Bolsonaro.

O carro trouxe a imagem de um palhaço nas cores branca, amarela e preta, que simbolizam a São Clemente, adornado por bananas e os dizeres como “Acabou a mamata”, “Tá OK” e “Terra plana”. A alegoria também traz laranjas, fazendo referência ao caso do assessor do deputado federal Flavio Bolsonaro, Queiroz. Antes de entrar na Avenida, Adnet se abaixou e fez uma oração.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias