Câmara Municipal

Aprovado projeto que batiza equipamentos do Dona Lindu

A novela acabou. Após dois meses de tramitação, o projeto que nomeia o Teatro Luiz Mendonça e a Galeria Janete Costa é aprovado

Ciro Carlos Rocha
Ciro Carlos Rocha
Publicado em 25/05/2011 às 23:00
Foto: Marius Fiskum/Divulgação
FOTO: Foto: Marius Fiskum/Divulgação
Leitura:

Após 60 dias de tramitação, o projeto que nomeia os dois equipamentos culturais do Parque Dona Lindu (Teatro Luiz Mendonça e Galeria Janete Costa) finalmente foi aprovado pelos vereadores do Recife nesta terça-feira (24). O curioso é que a matéria havia sido enviada pelo Executivo no dia 23 de março em caráter de urgência e, se não fosse o “cochilo” da base governista, poderia ter sido votada desde o último dia seis, mesmo sem os pareceres das comissões de Educação e Cultural e Legislação e Justiça . Ambos os colegiados só enviaram os relatórios nos dias 12 e 18 deste mês, respectivamente.

A definição dos nomes aos espaços culturais do parque chegou a gerar polêmica na Câmara do Recife. Isso porque o prefeito João da Costa anunciou publicamente a denominação que dos equipamentos antes mesmo de enviar o projeto oficial à Casa. Na época, os vereadores sequer haviam deliberado o veto do gestor à proposição do vereador Antônio Luiz Neto (PTB), que pretendia dar o nome do maestro Cussy de Almeida ao teatro, agora chamado de Luiz Mendonça. Embora o próprio petebista tenha desistido de sua ideia inicial, alguns pares consideraram a atitude do prefeito um “desrespeito” ao Poder Legislativo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias