PT x PT

Humberto mantém cautela em recados via web

Com João da Costa e Rands falando em manter a prévia, senador mantém postura cautelosa

Paulo Augusto
Paulo Augusto
Publicado em 30/05/2012 às 0:46
Leitura:

Em meio às inúmeras (des)informações que surgiram ao longo desta terça-feira (29) no que se refere à (in)definição do candidato petista à PCR, uma das notícias mais contundentes foi a de que o senador Humberto Costa teria sido mesmo escolhido pela Executiva Nacional do PT para substituir João da Costa e Maurício Rands – ainda que estes se recusassem a abrir mão de disputar a prévia marcada para o próximo domingo (3).

Envolvido durante boa parte do dia com o depoimento do senador Demóstenes Torres (sem partido) no Conselho de Ética do Senado – processo do qual é relator –, Humberto tentou manter uma postura cautelosa em relação a uma possível candidatura sua, especialmente no início da noite, quando negou, via Twitter, que tenha havido alguma mudança no quadro do partido.

“Sobre as prévias do PT, alguns esclarecimentos: não conversei com a direção nacional sobre o tema e não tenho candidatura posta à Prefeitura”, disse Humberto no microblog, e prosseguiu: “Até onde eu sei, as prévias estão mantidas para o dia 3 de junho. Espero que o processo eleitoral se dê de forma tranquila e democrática”. Concluiu afirmando que “Minha agenda neste momento está pautada pela atividade parlamentar. Na noite de hoje, pretendo me debruçar sobre o caso Demóstenes”.

Apesar de ter apresentado essa postura de “não saber de nada” durante a noite desta terça, à tarde, após o depoimento de Demóstenes, em Brasília, Humberto teria conversado com jornalistas afirmando que é possível um consenso em torno de seu nome – com as retiradas de João da Costa e Rands – e que uma nova reunião poderia definir o quadro. O senador teria o aval tanto do ex-presidente Lula quanto do governador Eduardo Campos (PSB) para ser o candidato.

Leia mais na edição do Jornal do Commercio

Últimas notícias