Ministério Público

Fenelon recebe aval do governador e segue à frente do MPPE

Procurador-geral de Justiça foi o mais votado na eleição interna, com 294 votos, e ficará mais dois anos à frente da instituição

Ciro Carlos Rocha
Ciro Carlos Rocha
Publicado em 03/01/2013 às 22:04
Leitura:

O atual procurador-geral de Justiça do Estado, Aguinaldo Fenelon, foi reconduzido ao cargo na noite desta quinta-feira (3) pelo governador Eduardo Campos (PSB). Fenelon foi o candidato mais votado na eleição interna do Ministério Público de Pernambuco, conquistando 294 votos.

Além dele, estavam na lista tríplice do Ministério Público – enviada para escolha do governador –, o atual secretário-geral do MPPE, Carlos Augusto Guerra, que obteve 238 votos; e o promotor Francisco Barros, que recebeu 209 votos. Apesar de ter 15 dias para definir o nome do novo procurador, o governador decidiu logo pela recondução de Aguinaldo Fenelon para o biênio 2013-2014.

A votação ocorreu de forma tranquila. Embora houvesse 152 membros elegíveis, ou seja, promotores e procuradores de Justiça com mais de 35 anos de idade e o mínimo 10 anos de exercício efetivo no MPPE, apenas outros dois membros – além dos três escolhidos para a lista tríplice – se lançaram candidato: a promotora da Pessoa Idosa no Recife, Luciana Dantas, e o promotor da Defesa do Consumidor no Recife, Ricardo Coelho, que não conseguiram entrar na lista.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias