Rumo a 2012

Claquete: luz, câmera, ação!

De olho nas eleições do próximo ano, equipes de João da Costa e Elias Gomes já registram todos os passos dos gestores

Márcio Didier
Márcio Didier
Publicado em 16/10/2011 às 18:05
Leitura:

"Cada mergulho é um flash!" Esse bordão popularizado pela atriz Mara Manzan (falecida em 2009), na novela O Clone, recentemente reprisada pela TV Globo, bem que pode ser lembrado para expressar o clima de bastidor que orienta as equipes dos prefeitos-pré-candidatos à reeleição do Recife, João da Costa (PT), e de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), na Região Metropolitana do Recife. Todas as ações protagonizadas pelos gestores estão sendo devidamente registradas em som, imagem e texto por equipes de comunicação e marketing. Esses profissionais não descolam dos prefeitos, cumprem à risca as agendas públicas e privadas.

Estão documentando o dia a dia, preparando os arquivos não apenas para a campanha eleitoral de 2012, mas para as propagandas e os eventos preparados até lá pelas prefeituras. Até porque os dois gestores turbinaram ainda mais as suas pautas. Elias Gomes promete, a partir dessa semana, realizar até dezembro atos de rua todos os dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Será visto pelos moradores de Jaboatão inaugurando, vistoriando ou assinando ordens de serviços de obras. Assim, pretende viabilizar os projetos que prometeu à população na campanha de 2008.

Esse ritmo mais intenso já tem sido cumprido, na prática, por João da Costa. Na pauta divulgada pela PCR, o petista está comparecendo a tudo: de festas de confraternização de professores e secretárias às finais dos jogos da terceira idade e do futebol participativo. Costa não está só focado nos eventos relativos às obras, mas aos que brindam datas que mexem com a emoção. Não é a toa que o novo slogan da PCR, veiculado desde a semana passada, faz uma referência à essa estratégia: "Recife: o coração de um novo Pernambuco". A pausa na agenda só acontece quando o petista vai para São Paulo realizar os exames de rotina do período pós-transplante, cirurgia que realizou há um ano.

Leia mais na edição deste domingo do JC

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias