eleições 2012

Governador manda recado ao PT e assume rédeas da sucessão no Recife

Eduardo Campos ignora decisão petista e diz que foi "instado" como mediador para conduzir e ouvir todos os partidos da Frente Popular

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 12/06/2012 às 18:09
Leitura:

O governador do Estado chamou para si o processo de montagem de uma candidatura da Frente Popular à prefeitura do Recife. Eduardo Campos disse que vai assumir a condução, coisa que, segundo ele, o PT não conseguiu fazer até o momento, zerando o processo sucessório.

Em entrevista na tarde desta terça (12), o sociealista garantiu que não vai impor nomes, mas que dará condições para todos os partidos se pronunciarem. A coligação tem como maiores partidos o PSB, do próprio governador, o PT e o PTB.

Os petistas vivem em meio a um imbróglio sobre a candidatura. A Executiva nacional impôs o nome do senador Humberto Costa em detrimento ao do prefeito João da Costa, que recorreu ao Diretório, orgão máximo do partido.

Últimas notícias