Frente Popular

Rui Falcão cobra apoio do PSB a Humberto

Na expectativa do encontro que Eduardo Campos terá nesta sexta com Lula, presidente nacional do PT reforça cobrança pelo apoio dos socialistas no Recife

Gilvan Oliveira
Gilvan Oliveira
Publicado em 14/06/2012 às 1:37
Leitura:

Assim como os demais partidos da Frente Popular, o PT está na expectativa da reunião entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador Eduardo Campos marcada para esta sexta-feira, em São Paulo, para definir seus próximos passos na sucessão do Recife. Nesse encontro deve ficar definido – além da oficialização do apoio do PSB ao prefeiturável Fernando Haddad (PT) na capital paulista, com a deputada federal Luíza Erundina (PSB) na vice – se os socialistas vão mesmo lançar um postulante à Prefeitura do Recife, concorrendo com o petista Humberto Costa.

Nessa quarta-feira, a assessoria de Humberto informou que ele dedicou-se apenas às atividades da CPMI de Cachoeira no Congresso Nacional, negando que tenha promovido articulações com lideranças de partidos governistas, já no compasso de espera da reunião de Lula com Eduardo. Mesmo com o internamento do ex-presidente, o encontro está mantido.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, em entrevista ao Programa Super Manhã, da Rádio Jornal, reforçou, por sua vez, a cobrança da cúpula petista para que Eduardo apoie Humberto. “O diálogo que sempre existiu entre nós e o PSB e Eduardo Campos vai manter a unidade da Frente Popular. Até porque temos interesses comuns para 2014”, advertiu ele, que é deputado estadual em São Paulo.

Leia a cobertura completa na edição desta quinta-feira do JC

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias