Eleições

Coelho quer investir na campanha de rua

Para compensar a falta de recursos, candidato tucano promete fazer muitas caminhadas durante a campanha

Márcio Didier
Márcio Didier
Publicado em 03/07/2012 às 0:29
Leitura:

Enquanto redefine a equipe de coordenação política da agenda e mobilização, para incluir representantes do PPS, e promete divulgar esta semana a equipe de produção do seu guia eleitoral, o deputado estadual e candidato a prefeito do Recife pelo PSDB, Daniel Coelho, revelou, ontem, que estrategicamente vai investir na campanha de rua, uma forma de compensar a dificuldade de recursos financeiros para um propaganda pomposa. “Vou fazer muita caminhada, porta a porta, campanha de rua com panfletagens e uma militância espontânea. Nada de militância”, declarou.

Coligado com o PPS e o PTdoB, depois de sofrer uma forte pressão do PSB e do DEM para retirar a sua postulação e apoiar seus candidato, o tucano reabriu o programa de gestão preparado na fase de pré-campanha para receber sugestões dos partidos aliados. O lançamento público do programa de governo acontece no próximo dia 14, em ato na quadra do Colégio Salesiano, na Boa Vista. “Será um ato de apresentação da chapa à militância. Apresentar a vice Débora Albuquerque (PPS) e me apresentar para quem não me conhece. Vai marcar, ainda, o lançamento da campanha”, detalhou Daniel.

A manifestação no Salesiano terá, porém, um objetivo mais importante para a campanha da aliança tucana e pós-comunista. Os candidatos e a coordenação vão abastecer a militância de informações, dados e subsídios pessoais e das propostas do programa de governo, fortalecendo a argumentação do discurso em defesa da chapa e do pedido de voto.

Leia mais na edição desta terça-feira do JC

 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias