ELEIÇÕES

Humberto e Geraldo são alvos em debate

Mendonça Filho e Daniel Coelho encenam dobradinha e lançam críticas ao petista em novo "cara a cara" eleitoral. Ausente, Geraldo Julio também terminou sendo alvo

Gilvan Oliveira
Gilvan Oliveira
Publicado em 28/08/2012 às 6:52
Leitura:

Na ausência do candidato do PSB, Geraldo Julio, Humberto Costa (PT) foi o alvo preferencial no debate promovido, nessa segunda-feira (27) à noite, pela Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco. Num auditório lotado por universitários, professores e militantes, Mendonça Filho (DEM) e Daniel Coelho (PSDB) encenaram uma dobradinha à moda oposicionista para potencializar os ataques ao petista e aos 12 anos de administração do partido no Recife. Mas, mesmo não estando presente, Geraldo Julio também não ficou imune às provocações dirigidas pelos três postulantes e com mais ênfase por Humberto.

As críticas ao petista vinham de todos os lados. Ele foi o mais questionado não apenas pelos outros dois candidatos como também pela plateia e professores. Defendeu-se de cada inquisição sem citar uma só vez o nome do prefeito João da Costa (PT), procurando sempre resgatar as “mudanças” implantadas pelo PT desde 2001 e comparando com o desempenho das gestões anteriores.

Uma das maiores polêmicas do debate surgiu quando Mendonça perguntou a Humberto sobre o aumento de 80% no valor do contrato de coleta de lixo na cidade e o desafio a apontar os bairros onde os resíduos não eram recolhidos nas administrações que antecederam o PT.

Leia mais na edição desta terça-feira do JC

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias