Eleições 2012

O anti-Lula estreia nas ruas com Geraldo

Principal opositor de Lula, Jarbas debuta neste sábado nas ruas com Geraldo e Eduardo

Ana Lúcia Andrade
Ana Lúcia Andrade
Publicado em 08/09/2012 às 0:40
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Principal opositor de Lula, Jarbas debuta neste sábado nas ruas com Geraldo e Eduardo - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O PSB do governador Eduardo Campos pensou em tudo. Ciente do risco de que a imagem de “anti-Lula” – impressa na presença do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) – poderia prejudicar o palanque do candidato a prefeito Geraldo Julio, e convicto de que o PT tiraria proveito dessa aliança, o partido traçou um papel bem específico para o peemedebista cumprir na campanha. Jarbas vai às ruas neste sábado (8) com Geraldo mas, assim como no programa eleitoral gratuito, será apresentado como o “aprovado” ex-prefeito do Recife, abastecido pelas ações que deram certo nas duas passagens do senador pela prefeitura. 

Não é à toa que a área escolhida para o desfile será Casa Amarela, um dos bairros mais “simpáticos” à gestão e ao político peemedebista. No programa eleitoral de Geraldo Julio, o senador foi escalado para preencher o vácuo deixado pelas gestões do PT no bairro do Recife Antigo. A área recebeu de Jarbas atenção especial que terminou “obrigando” os petistas a não interromperem alguns projetos, como o Festival da Seresta. 

Outra forma que o PSB encontrou de não “contaminar” o palanque de Geraldo Julio com a pecha do “anti-Lula” de Jarbas foi a de não embarcar na nacionalização da disputa alimentada pelo PT. Trabalha com todo cuidado para que o palanque de Geraldo se alimente apenas do valor de Jarbas que, na avaliação dos estrategistas da campanha, agrega à campanha do candidato socialista: o de bom gestor. O senador também colabora com o discurso que proclama Eduardo Campos: o da união de todos por “um novo Recife”. 

Estratégias à parte, o fato é que na “folha corrida” de Jarbas Vasconcelos, principalmente em sua atuação como senador de oposição ao ex-presidente Lula no Senado, há uma longa lista de duras críticas e fortes acusações contra o petista. Aliado do PSDB nas últimas cinco eleições presidenciais, Jarbas foi mordaz nos ataques ao ex-presidente, principalmente nas disputas em que o candidato tucano era José Serra, com quem nutre além da relação política uma grande amizade. 

Se esse “passivo” do senador Jarbas Vasconcelos lançará sobre o palanque do PSB no Recife algum vestígio anti-Lula, os últimos dias da campanha dirá. Provavelmente não. Ajudado principalmente pelo próprio ex-presidente que passou a campanha inteira longe do Recife e, em momento algum, deu voz a esse discurso. 

Na estreia de Jarbas, neste sábado, na campanha de rua de Geraldo Julio, está prevista a participação de peemedebistas históricos ligados ao senador, no evento batizado pelo PSB como “a maior caminhada da campanha” de Geraldo Julio. Jarbas estará ao lado do governador Eduardo Campos (PSB,) que já participou de três eventos “corpo a corpo” do seu candidato a prefeito do Recife. A caminhada também marca o retorno de Jarbas e Eduardo juntos nas ruas, após mais de 20 anos em campos opostos. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias