GESTÃO PÚBLICA

PCR: polêmica com dispensa de licitação

Em meio à campanha eleitoral, informação de uma segunda dispensa de licitação na Secretaria de Educação da gestão João da Costa chama a atenção da bancada de oposição

Gilvan Oliveira
Gilvan Oliveira
Publicado em 27/09/2012 às 6:55
Leitura:

Pela segunda vez em menos de um ano, a Secretaria de Educação da Prefeitura do Recife dispensou uma licitação para aquisição de materiais de limpeza. A última dispensa, no valor de R$ 2,3 milhões, aconteceu no dia 13 de junho, mas o extrato do contrato firmado com a empresa Eletroway Ltda só foi publicado no último sábado (22) no Diário Oficial. A primeira dispensa aconteceu em outubro de 2011, após o Tribunal de Contas ter apontado indícios de superfaturamento nas atas de registro de preços celebradas com outras duas empresas – Ednilson Pinho de Miranda ME e Estivas Novo Prado Ltda –, no valor de R$ 9,1 milhões.

Leia mais na edição desta quinta-feira do Jornal do Commercio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias