Legislativo

Votação aberta ajuda Ranilson na disputa do TCE

Com o nome apoiado pelo governador Eduardo Campos, secretário deve ser indicado sem dificuldades

Ayrton Maciel
Cadastrado por
Ayrton Maciel
Publicado em 12/03/2013 às 0:34
JC Imagem
Com o nome apoiado pelo governador Eduardo Campos, secretário deve ser indicado sem dificuldades - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Com o endosso da força política do governador Eduardo Campos (PSB), patrono da indicação, está praticamente sacramentada – na Assembleia Legislativa – a aprovação do ex-deputado e atual secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos (PSB), como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), na vaga que será aberta em abril, com a aposentadoria compulsória (70 anos) do ex-deputado Romário Dias. Ranilson tem ido à Casa pedir voto.

A vaga pertence à Assembleia Legislativa, porém, nos bastidores, nem oposicionistas crêem que algum governista ‘tope’ enfrentar o candidato do governador. E o maior fator de desestímulo é a forma do escrutínio: o voto será aberto.

Deputados da base do governo, André Campos (PT) e Sebastião Oliveira (PR) chegaram a trabalhar os nomes, mas, apenas o petista ainda alimentaria esperança. “Tô avaliando”, admitiu ontem. “Não vai ter quem queira peitar o Palácio”, duvidou uma fonte govenista.

Há, todavia, quem aposte no improvável. “Se André for candidato, vai ter muito voto. A vaga é da Casa. Vez passada, foi eleito um de fora (Marcos Loreto, indicado por Eduardo)”, argumentou um parlamentar em reserva.

Últimas notícias