Legislativo

André Régis denuncia "precariedade" das escolas municipais

Vereador conclui levantamento e cobra ao MPPE intervenção na Escola Nossa Senhora do Pilar

Ciro Carlos Rocha
Ciro Carlos Rocha
Publicado em 26/08/2013 às 22:38
Clemilson Campos/JC Imagem
Vereador conclui levantamento e cobra ao MPPE intervenção na Escola Nossa Senhora do Pilar - Clemilson Campos/JC Imagem
Leitura:

O vereador de oposição André Régis (PSDB) subiu à tribuna, na sessão plenária desta segunda-feira (26), na Câmara, para denunciar “o estado precário” de muitas escolas da rede pública municipal de ensino do Recife. A constatação está num estudo que acaba de concluir em mais de 320 unidades de ensino da cidade.

Diante do que encontrou nas vistorias, e sem respostas aos mais de 350 requerimentos com pedidos de informação e de providências feitos à Prefeitura desde o início do ano, o vereador protocolou, na Promotoria de Educação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), pedido de intervenção da Escola Nossa Senhora do Pilar, que fica no Bairro do Recife Antigo.

André Régis denuncia que a escola, com pouco mais de 100 alunos do Ensino Fundamental I, funciona precariamente num antigo canteiro de obras da construtora Mendes Júnior, com paredes improvisadas de madeira e teto de amianto. Os alunos, segundo ele, ainda têm que conviver com um esgoto estourado no local onde deveria ser o pátio do colégio.

“Também não foram distribuídos fardamento e a água que os alunos bebem é de um filtro que data de 2004, sem nenhuma higiene. Nem material didático tem, já são os professores que compram e levam pra sala de aula”, denunciou.

O vereador Jairo Brito (PHS) garante que o prefeito Geraldo Julio (PSB) tem se esforçado para solucionar os problemas e que o gestor teria pedido à Câmara que 100% dos royalties do petróleo fossem investidos em educação, mesmo sem a verba existir oficialmente.

Já Eriberto Rafael (PTC), também governista,  pediu que a oposição dê mais tempo para o prefeito. “As coisas não podem ser resolvidas em apenas oito meses”, disse.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias