RUMO A 2014

PSOL poderá ter candidato ao governo do Estado em 2014

Congresso do partido decidiu pela pré-candidatura de Zé Gomes Neto, atual presidente da legenda. Chapa será acrescida Albanise Pires, postulante ao Senado

José Accioly
José Accioly
Publicado em 06/11/2013 às 15:52
Leitura:

Seguindo a tendência das últimas eleições, o PSOL estadual deverá ter candidato ao governo do Estado em 2014. Durante congresso do partido, realizado no fim de semana passado, ficou decidiu que o novo presidente da sigla, Zé Gomes Neto, será o pré-candidato da legenda ao Executivo estadual. A chapa deverá acrescentada da candidatura de Albanise Pires ao Senado. O nome para a vice não foi definido.

O ex-presidente do PSOL pernambucano, Edilson Silva - terceiro candidato a vereador do Recife mais votado na eleição municipal de 2012, mas que não foi eleito por conta do coeficiente eleitoral - deverá postular a uma das 49 vagas da Assembleia Legislativa.

Ainda entre as resoluções eleitorais aprovadas no congresso do PSOL, ficou definida a prioridade para formação da chapa proporcional para deputado estadual. Os quadros partidários deverão fazer esforço para construir uma chapa.

Zé Gomes Neto iniciou sua militância no movimento estudantil na Unicap e UFPE, foi militante no PT. É fundador do PSOL, foi membro da primeira coordenação nacional de juventude do Partido, candidato a deputado federal mais votado da legenda nas eleições de 2006 e candidato a vice-prefeito do Recife em 2008, hoje é membro da Direção Nacional do PSOL e desde da fundação do Partido é membro da Executiva Estadual.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias