Justiça

Frederico Neves é eleito novo presidente do Tribunal de Justiça

Também foram eleitos no TJPE os desembargadores Leopoldo Raposo (1º vice-presidente), Fernando Ferreira (2º vice-presidente) e Eduardo Paurá (corregedor-geral)

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 11/11/2013 às 12:34
Leitura:

O desembargador Frederico Neves foi eleito por unanimidade, nesta segunda-feura (11), o novo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A eleição dos membros da mesa diretora do Poder Judiciário foi realizada pela manhã e contou com a participação de 40 magistrados.

Além do novo presidente - que substituirá a Jovaldo Nunes na função - foram eleitos para assumir os cargos de primeiro vice-presidente, o desembargador Leopoldo Raposo; de segundo vice-presidente, o desembargador Fernando Ferreira; e de corregedor-geral, o desembargador Eduardo Paurá.

A nova mesa diretora do Judiciário estadual atuará no biênio de 2014/2015. Os desembargadores eleitos tomarão posse em fevereiro de 2014.

Na atual gestão, Frederico Neves responde pelo cargo de corregedor-geral. Bacharel em Ciências Jurídicas pela Universidade Católica de Pernambuco, foi advogado e assessor da Presidência do Consórcio dos Trens Metropolitanos do Recife (METROREC - CBTU). Ingressou na Magistratura estadual em junho de 1985, quando assumiu o cargo de Juiz Substituto da Comarca de Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco.

Em maio de 2002 foi promovido, por merecimento, para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Neves ocupou os cargos de diretor do Centro de Estudos Judiciários do TJPE e de diretor Presidente da Escola Superior da Magistratura no biênio 2008/2009. O desembargador também presidiu a Comissão da Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB, constituída para colaborar na elaboração do Anteprojeto do Novo Código de Processo Civil.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias