Rumo a 2014

Armando defende o legado petista

Durante agenda no Sertão do Estado, pré-candidato do PTB ao governo fala sobre o Pronatec e o programa Mais Médicos

Bruna Serra
Bruna Serra
Publicado em 23/12/2013 às 6:03
JC Imagem
Durante agenda no Sertão do Estado, pré-candidato do PTB ao governo fala sobre o Pronatec e o programa Mais Médicos - FOTO: JC Imagem
Leitura:

A busca do senador Armando Monteiro Neto (PTB) para conquistar o apoio do Partido dos Trabalhadores a sua pré-candidatura ao governo de Pernambuco segue intensa. Durante seu périplo pelo Sertão pernambucano, o senador fez uma defesa intensa do legado do governo federal nos últimos 11 anos, especialmente em sua passagem pelo Sertão do Araripe este final de semana.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e o programa Mais Médicos foram dois dos projetos federais que motivaram a defesa da gestão da presidente Dilma Rousseff.

O governo federal tem pesquisas que mostram o Mais Médicos como o programa mais aprovado da gestão da presidente. Já o Pronatec está presente na maioria dos discursos de Dilma Rousseff pelo Brasil, com o objetivo de atrair os jovens para sua campanha.

Em encontros com prefeitos, lideranças e entidades como a Associação dos Vereadores do Araripe (AVA), Armando pontuou que o governo Dilma dá continuidade ao processo de inclusão social iniciado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com atenção especial para Pernambuco.

“A presidente Dilma deu continuidade a todos os projetos iniciados à época do presidente Lula. Nos três primeiros anos do governo Dilma foram liberados até mais recursos federais para Pernambuco do que nos primeiros anos de mandato de Lula”, comparou.

Armando Monteiro aproveitou a visita ao Araripe para reunir-se com o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, em Ouricuri, para discutir o projeto do Canal do Sertão.

O projeto original do canal de irrigação havia sido recentemente modificado, excluindo o Araripe. Uma comissão, formada por representantes da região e diretores da Codevasf, com a participação de Armando, será formada para rediscutir o projeto.

No giro pelos municípios, também recebeu os títulos de cidadão de Trindade e Ipubi e reuniu-se com representantes do Sindugesso e com o bispo emérito da Diocese de Petrolina, Dom Paulo Cardoso.

Últimas notícias