Eleições

PCB lança Miguel Anacleto para a disputa estadual

Militante da legenda comunista há três décadas, pré-candidato planeja costurar uma aliança com o PSOL e o PSTU

Beatriz Albuquerque
Beatriz Albuquerque
Publicado em 29/01/2014 às 22:50
Arquivo JC
Militante da legenda comunista há três décadas, pré-candidato planeja costurar uma aliança com o PSOL e o PSTU - FOTO: Arquivo JC
Leitura:

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) lançou uma pré-candidatura de oposição para disputar o governo de Pernambuco em outubro. O bancário Miguel Anacleto Vasconcelos foi o nome escolhido pelos delegados de base do partido durante congresso realizado no domingo (26). O PCB iniciará o debate de alianças ainda este mês, com as lideranças do PSOL e PSTU.

De acordo com o secretário político do partido, Roberto Arraes, a candidatura está posta devido à necessidade de "ter um discurso pela luta socialista e de combate ao capitalismo" no Estado. O PCB pretende formar uma frente de esquerda que dialogue com a classe trabalhadora e faça oposição às candidaturas do senador Armando Monteiro Neto (PTB) e da Frente Popular, ainda não definida pelo governador Eduardo Campos (PSB).

"A candidatura terá como objetivo expor as ideias do partido e denunciar os desmandos do governo do Estado, sendo alguns dos pontos do programa a questão da Educação e da Saúde em Pernambuco”, explicou Anacleto.

O pré-candidato é militante do partido há mais de 30 anos e preside o Instituto Brasileiro de Amizade e Solidariedade aos Povos. Coordenou o movimento Ação da Cidadania Contra a Fome, organizado por Herbert de Souza nos anos noventa, e é ex-diretor do Sindicato dos Bancários. Anacleto é formado em Engenharia de Pesca pela Universidade Rural de Pernambuco (UFRPE).

Além da formação de uma chapa majoritária no Estado, que poderá ser preenchida por candidatos de partidos de esquerda, o PCB apresentará pelo menos cinco candidaturas para deputado federal. Há cerca de um mês, o diretório nacional do partido anunciou que o professor Mauro Iasi será o candidato do partido à Presidência da República.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias