GOVERNO

Em posse do secretariado, Luciano Vásquez enaltece Eduardo Campos

Novo secretário da Casa Civil ressalta ligação com o ex-governador

José Accioly
José Accioly
Publicado em 08/04/2014 às 6:15
Leitura:

Integrante do novo secretariado anunciado pelo governador João Lyra Neto (PSB), o titular da Casa Civil, Luciano Vásquez, chamou a atenção de quem assistiu à posse dos secretários na manhã de ontem. Nome certo para o governo nas apostas feitas durante o período de transição, Vásquez mostrou que, além da relação com Lyra, tem grande afinidade com o antecessor, o ex-governador Eduardo Campos (PSB). 

Escalado para falar em nome dos novos titulares, Luciano Vásquez, que participou da gestão de Eduardo desde 2007, dedicou parte do seu discurso para enaltecer o ex-gestor. A atuação de Lyra também fez parte do pronunciamento, mas de forma mais discreta.

“Quero fazer um agradecimento especial ao meu amigo-irmão, o ex-governador Eduardo Campos, que eu conheço há 40 anos. Sempre estivemos alinhados no mesmo campo político. Foi ele quem me convocou para assumir o governo em 2007 e me convocou para participar da sua equipe”, discursou. 

“Ele promoveu profundas mudanças no cenário administrativo do Estado. Com sua forma arrojada, conquistou o respeito e a admiração do povo pernambucano. Ele alavancou um projeto de desenvolvimento pautado e alicerçado pela eficiência e controle das ações governamentais”, completou o secretário, que ainda desejou “boa sorte” ao presidenciável na nova jornada. 

No final do pronunciamento, depois de agradecer a confiança do novo governador, Vásquez fez um afago a João Lyra Neto, afirmando que o socialista “foi o vice que qualquer um gostaria ter”. 

COMPOSIÇÃO
Segundo Luciano Vásquez, as ações da Secretaria de Governo, extinta por João Lyra, deverão ser alocadas em várias pastas. O programa Governo Presente deverá ser repassado para a pasta de Desenvolvimento Social, enquanto Relações Institucionais ficará na Casa Civil. As demandas políticas de prefeitos deverão ficar na pasta de Vásquez, mas o governador estuda uma maneira de não sobrecarregar a secretaria.

Um desenho da pasta de Governo foi feito para a distribuição das atividades. Lyra deverá apresentar até o final da semana os nomes do segundo escalão. Por enquanto, o Lafepe, que era presidido por Vásquez, está sob o comando de Denise Scalzo. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias