Educação

Em Jaboatão, governador vistoria construção de escola técnica e promete atenção a unidades já existentes

Paulo Câmara afirma que vai ajudar vocação do município para a área de logística

Franco Benites
Franco Benites
Publicado em 20/02/2015 às 11:24
Divulgação/Valter Andrade Prefeitura de Jaboatão
Paulo Câmara afirma que vai ajudar vocação do município para a área de logística - FOTO: Divulgação/Valter Andrade Prefeitura de Jaboatão
Leitura:

O PSB e o PSDB poderão entrar em rota de colisão nas eleições municipais de 2016, mas por enquanto as aparências é de que os dois partidos estão mais unidos do que nunca ao menos no âmbito estadual. Nesta sexta-feira (20), o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), recebeu o governador Paulo Câmara (PSB) e ouviu promessas de obras na cidade. O socialista foi vistoriar as obras da Escola Técnica Estadual do Jordão e garantiu que o município deve ganhar outra unidade nos moldes da que está sendo finalizada pelo governo estadual.

"Aqui em Jaboatão, vamos vocacionar essa escola técnica para a área de saúde, logística e administração. A potencialidade de Jaboatão já coloca a necessidade de mais uma escola técnica e estamos junto com a prefeitura fazendo uma parceria de identificação de áreas dentro do padrão que a gente mantém, que tem 12 salas de aula, laboratórios, quadras, uma escola realmente que mostra claramento nosso intuito de valorizar a educação", falou o governador.



A Escola Técnica Estadual do Jordão está sendo construída no quilômetro 78 da BR-101 Sul e vai beneficiar mil alunos. O investimento total é de R$ 10,4 milhões, sendo recursos dos governos estadual e federal, a partir do Ministério da Educação. A unidade terá 12 salas de aula, seis laboratórios, quadra poliesportiva coberta, auditório e laboratórios especiais para o ensino profissionalizantes. As aulas serão dos cursos técnicos de enfermagem, análises clínicas, administração e logística.

"É importante a gente aproveitar as potencialidades de Jaboatão em relação à logística e também as prioridades que queremos dar, como a saúde. Essa escola vai funcionar ainda no primeiro semestre deste ano. Temos 27 escolas técnicas já funcionando no Estado. Vamos concluir mais 13 escolas técnicas para chegar número de 40, que consideramos ideal nesses primeiros quatro anos", disse o governador.

O governo estadual sofreu esta semana críticas do Sindicato dos Professores Estaduais sobre as condições da Escola de Referência Professor Epitácio André Dias, localizada em Cajueiro Seco, também em Jaboatão dos Guararapes. Os alunos da unidade assistem aulas em esquema de rodízio e estão sofrendo com problemas de infraestrutura da escola.



"O plano de manutenção é constante. Tivemos dificuldades nessa escola, mas temos mil escolas na nossa rede e estão citando um caso pontual. Nosso intuito é realmente de termos um padrão de excelência em todas as escolas. Isso começou com Eduardo Campos. A gente vai cuidar das escolas novas e das que estão em funcionando", enfatizou Paulo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias