ELEIÇÕES 2016

Entrega de cargos na PCR diz respeito ao DEM, diz prefeito Geraldo Julio

Após lançamento de pré-candidatura de Priscila Krause, DEM anunciou que sairia da gestão do PSB no Recife

Da Editoria de Política
Da Editoria de Política
Publicado em 19/03/2016 às 17:07
Foto: Ricardo Labastier/JC Imagem
Após lançamento de pré-candidatura de Priscila Krause, DEM anunciou que sairia da gestão do PSB no Recife - FOTO: Foto: Ricardo Labastier/JC Imagem
Leitura:

Um dia após o anúncio da pré-candidatura da deputada Priscila Krause (DEM) à Prefeitura do Recife, o prefeito Geraldo Julio (PSB) evitou comentar o ingresso da oposicionista na disputa. O socialista afirmou que ainda não conversou com a secretária Roseana Amorim (Desenvolvimento e Empreendedorismo). Ela foi indicada pelo DEM para a prefeitura e deve entregar a pasta nos próximos dias em virtude da candidatura majoritária da sigla. “Eu não conversei com ela, isso (a entrega dos cargos) diz respeito ao DEM”, afirmou Geraldo, neste sábado (19), durante mutirão de serviços na comunidade de Cosme e Damião, na Várzea.

Sobre a nova oponente, o prefeito, que vai disputar a reeleição, preferiu tergiversar e adotar o discurso de foco na gestão. “Estou aqui hoje em Cosme e Damião trabalhando com a comunidade, com as pessoas. Vocês estão vendo centenas de pessoas sendo atendidas em várias áreas. Isso eu vou continuar fazendo. Este ano, a campanha vai ter 45 dias, nesses 45 dias a gente cuida disso. As discussões que estão acontecendo são legítimas da democracia”, comentou.

Nessa sexta (18), após o lançamento da pré-candidatura de Priscila, o deputado federal Mendonça Filho, presidente estadual do partido, afirmou que o DEM entregaria os cargos que ocupa na Prefeitura para evitar conflitos entre a candidatura e as funções exercidas. No entanto, ele disse que o partido permanece no governo do Estado.  


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias