Legislativo

Procura-se Augusto Carreras para falar sobre corte de gratificações na Câmara do Recife

Vereador não comparece ao plenário da Casa há mais de um mês e também não atende telefonemas

Edson Mota
Edson Mota
Publicado em 27/10/2016 às 9:36
Foto: Edmar Melo/Acervo JC Imagem
Vereador não comparece ao plenário da Casa há mais de um mês e também não atende telefonemas - FOTO: Foto: Edmar Melo/Acervo JC Imagem
Leitura:

A Comissão Executiva da Câmara Municipal do Recife prometeu realizar uma reunião ainda nesta semana para que o primeiro-secretário da Casa, Augusto Carreras (PSB), possa prestar esclarecimentos sobre os cortes das gratificações dos funcionários comissionados. A informação foi confirmada pelo segundo-secretário da Casa, Eriberto Rafael (PTC). No entanto, o grande desafio, segundo o vereador, é encontrar Carreras nas dependências da Casa de José Mariano.

“Da mesma forma que vocês estão procurando Carreras, nós também estamos atrás dele. Queremos entender o que aconteceu e, a partir daí, tomar uma posição sobre o assunto”, explicou o vereador. “Acredito que o próprio (presidente da Câmara) Vicente André Gomes (PSB) deva organizar esse encontro”, continuou Eriberto.

De fato, encontrá-lo para explicar sobre o assunto será a grande dificuldade dos vereadores. Vê-lo no plenário da Casa de José Mariano não tem sido fácil este mês: a lista de presença no site da Câmara do Recife mostra que a última sessão em que ele se fez presente foi no dia 20 de setembro. Ou seja, há mais de um mês. De lá para cá, aconteceram dez sessões – todas sem a presença de Carreras.

Ao fim da sessão, os vereadores também se esquivaram do assunto. Mesmo depois de Isabella de Roldão (PDT) ter denunciado a situação em plenário, nenhum quis se manifestar sobre os cortes. Como um mantra, todos disseram que não estavam por dentro do assunto e que só poderiam se manifestar quando se inteirassem do assunto. “Eu estou ouvindo o ‘zunzunzum’ dos vereadores aqui na Câmara, mas ainda não sei muito sobre isso”, limitou-se Marco Aurélio Medeiros (PRTB).

PUBLICAÇÃO

O secretário de Coordenação Geral da Câmara Municipal do Recife, Jaime Paiva, garantiu que a resolução que consta o corte nos benefícios será publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (27). Questionado sobre os motivos do corte sem um aviso prévio aos funcionários, Paiva foi sucinto. “Foi uma decisão da mesa diretora”, simplificou. E ratificou a informação de que o rombo orçamentário está entre R$ 3,5 e R$ 4 milhões.

Augusto Carreras tem sido procurado pela reportagem desde anteontem para que possa explicar sobre o assunto. No entanto, ele não tem atendido ao telefone.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias