Entrevista

Após derrota nas urnas, João Paulo diz que vai focar em TCC sobre jogo do bicho

Petista está finalizando pós-graduação em direito processual do trabalho e vai dissertar sobre os direitos dos trabalhadores do jogo do bicho

Editoria de Política
Editoria de Política
Publicado em 01/11/2016 às 10:28
Foto: Ashley Mello/JC Imagem
Petista está finalizando pós-graduação em direito processual do trabalho e vai dissertar sobre os direitos dos trabalhadores do jogo do bicho - FOTO: Foto: Ashley Mello/JC Imagem
Leitura:

O ex-prefeito João Paulo (PT) afirmou em entrevista á Rádio Jornal, na manhã desta terça-feira (1º), que após ser derrotado nas urnas, dará atenção a conclusão de uma pós-graduação em direito processual do trabalho. O petista afirmou que está concluindo o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), no qual irá dissertar sobre o trabalhador do jogo do bicho. 

O tema inusitado acontece porque o ex-prefeito, segundo o próprio, teve experiências próximas com o assunto. “Como meu pai foi cobrador de ônibus e quando estava desempregado ele passava jogo do bicho, o meu trabalho vai ser sobre o trabalhador do jogo do bicho, que é explorado, não tem direitos trabalhistas e meu pai sofreu muito com isso”.

Apesar de ter sido derrotado por pouco mais de 61% dos votos válidos (Geraldo Julio, do PSB, conquistou 528.335 votos), João Paulo disse que não se entristece com resultado. Para o petista o sentimento que fica é de dever cumprindo e agradecimento pelos quase 40% de votos. “Acho que apresentamos uma proposta e tivemos quase 40% da preferência do eleitor da cidade num momento em que o partido sofreu um golpe muito grande em todo o Brasil. Foi um momento que a nossa militância voltou à rua, trabalhou, o reconhecimento em quase todos os lugares que passei pelo o que foi o nosso governo. Então cumpri minha missão enquanto político num momento em que o PT passa por dificuldades”, disse. João Paulo recebeu 333.516 votos, o que representa 38,70% dos votos válidos.

Na analise do petista, apesar do reconhecimento da população, o momento político pelo qual o seu partido passa acabou por dificultar seu pleito. “As pessoas me conhecem não é de agora, não é desse momento, mas acredito que isso (o momento político do PT) pesou na hora da votação”. 

 

Reunião com o partido

De acordo com João Paulo, nos próximos dias 10 e 11 ele estará realizando uma vigem a São Paulo onde se reunirá com a direção nacional do PT para avaliar o quadro do partido e a conjuntura política, além da PEC 241. Questionado sobre se irá participar das próximas eleições, o ex-prefeito afirmou que ainda precisa resolver coisas desta última, mas foi sucinto ao afirmar: “seja na posição de militante ou como candidato, participarei (das próximas eleições)”. 


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias