CARUARU

Em Caruaru, Raquel Lyra assume em discurso pregando a união

Nova prefeita de Caruaru disse que as pessoas precisam voltar a acreditar na política, e que esta é a melhor forma de transformar uma cidade

Ana Maria Miranda
Ana Maria Miranda
Publicado em 01/01/2017 às 22:18
Roberto Pereira Jr. / Divulgação
Nova prefeita de Caruaru disse que as pessoas precisam voltar a acreditar na política, e que esta é a melhor forma de transformar uma cidade - FOTO: Roberto Pereira Jr. / Divulgação
Leitura:

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), reafirmou os compromissos de campanha e falou em união em discurso, neste domingo (1º), após a transmissão de cargo no Palácio Jayme Nejaim, sede da prefeitura. 

Raquel disse que as pessoas precisam voltar a acreditar na política, e que esta é a melhor forma de transformar uma cidade. "A gente não tem uma democracia de verdade quando tem uma sociedade tão desigual. Eu sonho em ver uma cidade mais equilibrada e vamos ajudar a construí-la. Hoje é dia de começar a transformar o nosso sonho em realidade, construir uma cidade para todos e com todos", afirmou Raquel. 

A prefeita emocionou-se ao mencionar o avô, o ex-prefeito João Lyra Filho, o tio, o ex-ministro da Justiça Fernando Lyra, entre outros familiares que faleceram. No fim do discurso, ela também lembrou o ex-governador Eduardo Campos (PSB), ao dizer que "é hora de arregaçar as mangas e pegar no serviço".

O vice-prefeito Rodrigo Pinheiro (PSDB) falou antes de Raquel e agradeceu o apoio das pessoas durante a campanha. "Conquistamos a confiança do caruaruense e o caruaruense pode ter certeza que iremos retribuir da melhor forma possível. Nosso governo vai ser de inclusão, de transparência", garantiu. 

O agora ex-prefeito José Queiroz (PDT) não discursou. Estiveram presentes ainda o vice-prefeito Jorge Gomes (PSB), a secretária executiva de Direitos Humanos Laura Gomes (PSB), que toma posse hoje como deputada estadual, o ex-governador João Lyra Neto (PSDB), pai de Raquel, vereadores, entre outros políticos. 

A cerimônia na prefeitura teve apresentações da banda do 4º Batalhão da Polícia Militar e da banda Nova Euterpe, que executaram os hinos do Brasil e de Caruaru, respectivamente, e da banda de pífano, que apresentou "A Feira de Caruaru", de Onildo Almeida. A prefeita chegou à sede do Executivo municipal em caminhada, depois de sair da solenidade de posse na Câmara de Vereadores. Na Casa Jornalista José Carlos Florêncio, Raquel também fez um discurso, em que reconheceu que haverá desafios devido ao período conturbado de crise no cenário brasileiro. Na Câmara, ela também disse que fará uma gestão "firme nas atitudes e princípios", bem como participativa e aberta ao diálogo. 

POSSE

Raquel Lyra foi empossada após a eleição da Comissão Executiva da Casa, em que os 23 vereadores escolheram o presidente, o primeiro e o segundo vice-presidentes, e os primeiro, segundo, terceiro e quarto secretários. Esta foi a primeira vez que a eleição da Comissão Executiva aconteceu por meio do voto aberto, após a aprovação de um projeto de autoria do vereador Marcelo Gomes (PSB).

Iniciando o sétimo mandato como vereador, Lula Tôrres (PDT) foi eleito o presidente da Câmara, com 14 votos contra os 9 conquistados pelo novato Alberes Lopes (PRP). Para Lula Tôrres, a Casa deve ser unida e ter o compromisso de trabalhar para a comunidade. "[Vamos] trabalhar muito, dar a resposta à população, preparando e votando projetos que venham a beneficiar nossa população", disse. Antes da eleição de ontem, era prevista ainda a candidatura do ex-presidente Leonardo Chaves (PDT), que foi eleito para a primeira secretaria. "Foi um acerto da nossa bancada, Leonardo é um companheiro de experiência e só vai ajudar a Casa e a Mesa [Diretora]", afirmou Lula Tôrres. Para Alberes Lopes (PRP), a prefeita saiu derrotada com o resultado. 

"O candidato dela [Leonardo Chaves] nem chegou a disputar. A gente sai fortalecido desse processo", garante. Apesar disto, ele disse que ainda é cedo para afirmar que será oposição na Casa. "A gente tem que fiscalizar o que está certo e o que está errado e contribuir com a prefeita para que ela faça uma boa gestão", afirmou. Sobre o resultado, Raquel Lyra disse que tem certeza que fará um trabalho "com muita harmonia" junto à Câmara.

Foram eleitos para a Comissão Executiva da Câmara: Marcelo Gomes (PSB) como primeiro vice-presidente, Edmilson do Salgado (PCdoB) como segundo vice-presidente, Leonardo Chaves (PDT) como primeiro secretário, Presbítero Andrey (PRP) como segundo secretário, Edjailson da Caru Forró (PRTB) como terceiro secretário e Ricardo Liberato (PDT) como quarto secretário. Dos 23 vereadores empossados ontem, 13 foram eleitos pela primeira vez para a Câmara de Caruaru.

Últimas notícias