aliança

Sobrinha de Anderson Ferreira assume EPTI

Empresa pública de transporte intermunicipal tem licitação em auditoria especial no TCE

Mariana Araújo
Mariana Araújo
Publicado em 24/01/2017 às 16:58
Foto: JC Imagem
Empresa pública de transporte intermunicipal tem licitação em auditoria especial no TCE - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

A mudnaça de presidência na Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) continua nas mãos do PR, mais especificamente do prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira. A exoneração de Luiz Medeiros foi publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (20). 

Medeiros vai assumir a pasta de infraestrutura de Anderson. Na mesma edição do DO, foi publicada a nomeação de Thaíse Ferreira Carneiro Lima, sobrinha do prefeito do PR. 

A questão da EPTI, que está com uma licitação pendente no Tribunal de Contas do Estado, foi tema de uma das matérias da série especial sobre os 10 anos de governo do PSB em Pernambuco, publicada na semana passada e nesta semana pelo JC. 

A licitação da EPTI foi feita em setembro de 2014, mas o processo está em análise no Tribunal de Contas do Estado (TCE), que tem duas auditorias especiais sobre a empresa em andamento. Em abril de 2015, a Justiça suspendeu a licitação com base em uma análise feita pelo TCE. Um documento do TCE ao qual a reportagem teve acesso aponta a existência de vários vícios na licitação e recomenda a anulação do edital publicado em 2014.

Um dos questionamentos é que a empresa que venceu a área de exploração do serviço no Sertão e Agreste, que corresponde a 80% da licitação, pertence ao grupo do ex-governador João Lyra (PSDB), que estava no poder quando a concorrência foi lançada. 

RESPOSTA

A assessoria de Anderson Ferreira enviou uma nota sobre a nomeação da nova presidente da EPTI. "Thaíse Ferreira Carneiro de Lima atua na área de transportes há 10 anos. No DER, como Chefe de Transportes, colaborou com a criação da EPTI, e compôs a equipe de transição DER/EPTI. Nos últimos dois anos foi Gerente Geral de Sistemas de Transportes, da Secretaria Estadual de Transportes, de onde saiu para assumir a presidência da EPTI", diz o texto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias