OPOSIÇÃO X GOVERNO

100 dias: segunda gestão Geraldo Julio recebe críticas da oposição

Socialista está no segundo mandato e oposição aponta o passivo de obras deixadas pelo prefeito

Marcela Balbino
Marcela Balbino
Publicado em 10/04/2017 às 15:38
Foto: Reprodução do vídeo
Socialista está no segundo mandato e oposição aponta o passivo de obras deixadas pelo prefeito - Foto: Reprodução do vídeo
Leitura:

Na Câmara dos Vereadores do Recife, a oposição não deixou passar em branco os cem dias do segundo mandato do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). A vereadora Marília Arraes (PT) divulgou um vídeo em que aponta as principais deficiências da gestão socialista e cita o abandono na área da habitação – um dos principais calos do governo.

Segundo a petista, há um déficit habitacional de 60 mil moradias na cidade. “Geraldo recebeu recursos federais e conjuntos iniciados pela gestão anterior (do prefeito João da Costa), mas ainda assim milhares de pessoas continuam vivendo sem moradia digna”, critica a vereadora.

O abandono da área cultural também foi lembrado pelo vereador Ivan Moraes (PSOL). Numa passagem gravada em frente ao Teatro do Parque, fechado desde 2010, ele diz que nos 4 anos e cem dias da gestão de Geraldo as “políticas de cultura foram abandonadas”. “Os museus, os teatros, os editais de incentivo à cultura esquecidos”, pontuou o psolista, que é vice-líder da oposição na Câmara. O equipamento está fechado desde a gestão de João da Costa. 

A Rádio Frei Caneca, que é pública, também foi alvo de contestação. O ponto, esclarece Ivan, é que a rádio só toca música e não há uma programação estabelecida. “Falta equipe e recurso”, diz.

O vereador Rinaldo Júnior (PRB), que tem exercido uma das oposições mais ferrenhas na Casa José Mariano, abordou o tema da violência. No vídeo, ele cita o crescente número de assaltos a ônibus, as agressões diárias contra mulheres e o aumento no número de homicídios. Pela legislação, a área de segurança pública não está na alçada municipal, mas do governo do Estado, mas os impactos do aumento da violência são sentidos na esfera local.

CONFIRA O VÍDEO PRODUZIDO PELA OPOSIÇÃO

  

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias