Educação

TCE fará auditoria para investigar merenda escolar em Olinda

Medida foi tomada após denúncia do candidato a prefeito Antônio Campos, derrotado na última eleição

Verônica Almeida
Verônica Almeida
Publicado em 10/04/2017 às 21:56
JC Imagem
Medida foi tomada após denúncia do candidato a prefeito Antônio Campos, derrotado na última eleição - JC Imagem
Leitura:

O Tribunal de Contas do Estado abriu auditoria para apurar dispensa de licitação no fornecimento de merenda escolar à rede municipal de Olinda, no Grande Recife. A questão foi denunciada no dia 16 de março pelo advogado Antônio Campos, que perdeu a eleição de outubro de 2016 para o atual prefeito, Lupércio do Nascimento (SD).

Segundo a denúncia, a empresa contratada pela atual gestão da prefeitura tem “sede precária” e ligação com a Casa de Farinha, alvo de outras investigações do Tribunal de Contas e que mantém contratos com o governo do Estado e prefeituras diversas.
O auditoria terá como relator o conselheiro Ranilson Ramos e não tem prazo para ser concluída.

Prefeitura de Olinda alega que contrato foi emergencial para não parar fornecimento de merenda

A Prefeitura de Olinda alega que a medida foi emergencial em razão do término do contrato feito pela gestão anterior, de Renildo Calheiros (PCdoB). O preço pago pela merenda é inferior ao que estava sendo gasto e nova licitação está sendo providenciada, assegura.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias