ALEPE

Pernambuco terá Estatuto da Pessoa com Câncer

Estatuto deve garantir amparo e prioridade às pessoas com câncer atendidas pelo SUS

Da Editoria de Política
Da Editoria de Política
Publicado em 08/05/2017 às 18:30
Foto: Jarbas Araújo/Alepe
Estatuto deve garantir amparo e prioridade às pessoas com câncer atendidas pelo SUS - FOTO: Foto: Jarbas Araújo/Alepe
Leitura:

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) instalou nesta segunda-feira (8) a Comissão que vai elaborar o Estatuto da Pessoa com Câncer do Estado. A ideia é que o documento garanta amparo e prioridade aos pacientes atendidos no Sistema Único de Saúde (SUS).

Nas próximas duas semanas, a comissão espera fazer visitas ao Hospital do Câncer, ao Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP), ao Núcleo de Apoio a Criança com Câncer (NACC), ao Grupo de Ajuda a Criança Carente com Câncer (GAC). A Secretaria Estadual de Saúde também será ouvida.

"Estaremos nestes dias discutindo e colhendo sugestões para depois consolidar isso no Estatuto com prerrogativas e direitos aos pacientes", afirmou o deputado Rodrigo Novaes (PSD), que presidirá o colegiado.

INTERIOR

O grupo também deve se debruçar sobre a situação das pessoas com câncer que residem no interior e precisam de mais apoio do poder público. "Há questões que precisam ser verificadas como transporte, abrigo e alimentação de quem vive longe e precisa fazer o tratamento na capital", lembra Rodrigo. "Queremos ampliar os pólos de tratamento para não ficarmos restrito a Caruaru, Garanhuns e Petrolina", diz o deputado.

A deputada Socorro Pimentel (PSL) será relatora da comissão. Os deputados Júlio Cavalcanti (PTB) e Roberta Arraes (PSB) serão titulares. Clodoaldo Magalhães (PSB), Isaltino Nascimento (PSB), Priscila Krause (DEM), Silvio Costa Filho (PRB) e Terezinha Nunes (PSDB) são os suplentes.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias