vazamento

Consequências serão graves, diz Daniel Coelho

Primeiro tucano a se pronunciar sobre delação contra Temer, Daniel Coelho diz que quem errou tem que ser punido

Da Editoria de Política
Da Editoria de Política
Publicado em 17/05/2017 às 20:51
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Primeiro tucano a se pronunciar sobre delação contra Temer, Daniel Coelho diz que quem errou tem que ser punido - FOTO: Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Leitura:

Numa reação a divulgação pelo jornal O Globo de que o dono da JBS teria gravado o presidente Michel Temer (PMDB) autorizando a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado federal Daniel Coelho (PSDB) fez questão de ressaltar que o Brasil não pode colocar nada para debaixo do tapete e disse que as consequência serão graves.

"O Brasil não pode por nada para debaixo do tapete. Não interessa se é Temer, Lula ou qualquer outro. Quem errou tem que pagar e ser punido. Os fatos são muito graves e as consequências serão graves também", afirmou ao JC.

TUCANO

Daniel é o primeiro tucano a se pronunciar sobre a delação, que terá impacto duro contra o governo Temer. A oposição já protocolou um pedido de impeachment na Câmara Federal.

Últimas notícias