Protesto

Manifestantes protestam contra vereador contrário a beijo gay na TV em Petrolina

Grupo criticou postura do vereador Elias Jardim contra beijo exibido em reportagem na última semana

JC Online
JC Online
Publicado em 20/06/2017 às 12:18
Foto: Marco Aurélio/Rádio Jornal Petrolina
Grupo criticou postura do vereador Elias Jardim contra beijo exibido em reportagem na última semana - FOTO: Foto: Marco Aurélio/Rádio Jornal Petrolina
Leitura:

Um protesto realizado na manhã desta terça-feira(20) pela comunidade LGBT de Petrolina se manifesta na Câmara de Vereadores Plínio Amorim, na Praça Santos Dumont, no centro da cidade, localizada no Sertão pernambucano. O ato representa uma manifestação contra as declarações do vereador Elias Jardim (PHS), que em sessão no último dia 13 disse que entraria nesta terça com uma moção em repúdio a um beijo exibido por uma emissora de TV do município. Na ocasião, o beijo foi mostrado no final de uma reportagem sobre o Dia dos Namorados.

A escritora e jornalista Lícia Loltran é uma das manifestantes contrárias ao discurso do parlamentar." As pessoas LGBT do Vale do São Francisco estão aqui para reivindicar o direito de ter voz e não receber este tipo de repúdio diante de uma Câmara que deveria representar o povo, que também inclui a comunidade LGBT", contou.

Nesta terça, Elias voltou atrás e não entrou com a proposta que repudiaria a exibição da TV local. "A gente segurou a moção, mas a posição nossa é a mesma, continua firme no mesmo pensamento de defender a família, ética e moral. Nós fazemos parte de um povo que prima pela vontade Deus".

Moção de aplausos

Elias também se mostrou contrário ao pleito do colega de Casa, o vereador Gilmar Santos (PT). O petista entrou com uma moção de aplausos à equipe responsável pela reportagem e outra de apoio e solidariedade à Comunidade LGBT.

"Apresentamos a moção por esta comunidade ter sido atacada e nos posicionamos contra esse tipo de atitude do vereador Elias Jardim, por entendermos que a sociedade é composta por uma diversidade de pessoas e de relacionamentos", afirmou Gilmar.

Últimas notícias